quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Operação retira equipamentos que desviam águas do Canal do Pataxó

Uma equipe do Instituto de Gestão de águas (Igarn), juntamente com profissionais da Companhia de Águas e Esgotos (Caern), com o apoio da 10º Batalhão da Polícia Militar de Assú, fez a retirada de bombas, drenos e sifões que desviam água do Canal do Pataxó. 
A operação, realizada durante todo o dia nesta quarta-feira (09), foi deflagrada após as dificuldades de abastecimento enfrentadas, na última semana, pelos municípios que são abastecidos pelo Sistema Adutor Sertão Central Cabugi.

As instalações foram encontradas após fiscalização enviada pelo Igarn realizada na última semana. A operação vistoriou toda a adutora até a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Os equipamentos retirados foram encaminhados para a central da Caern na cidade de Assú. 

O uso e captação de água do Canal do Pataxó são regulados pela Resolução Conjunta Igarn/ANA Nº 1202, de 26 de outubro de 2015. Por esta Resolução fica proibida a retirada no trecho entre a adução das águas da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves para o canal do Pataxó. Só é liberada a captação pela Caern para o abastecimento da Adutora Sertão Central Cabugi e para o atendimento às necessidades da cidade de Itajá e demais Municípios abastecidos pela adutora.

O Igarn monitora constantemente os reservatórios estaduais, tanto com fiscais em campo, quanto pelo uso de análises via satélite. O descumprimento da Resolução IGARN/ANA é considerado uma infração gravíssima e resulta em aplicação de multa, apreensão e/ou embargo provisório ou definitivo.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
INSTITUTO DE GESTÃO DAS ÁGUAS - IGARN
Release
Natal/RN, 09 de novembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obs: Comentários preconceituosos, difamatórios e sem nenhuma relação com o post, não serão aceitos.